Conserto de iluminária de emergência 21


iluminaria-empaluxNeste artigo vamos detalhar o funcionamento  das iluminárias de emergência,  fazer uma análise de seu circuito, defeitos frequentes e como consertar este eletrodoméstico que está presente em diversos estabelecimentos e residências.

Este modelo de iluminária de emergência é fabricado na china e importado para o Brasil com as seguintes características:

– Tensão da rede 127 e 220 V (com chave de seleção na parte inferior), fator de potência maior que 0.82.

– Autonomia da bateria com 1 lâmpada ligada é de 5 horas e com 2 lâmpadas ligadas é de aproximadamente 2 horas e meia.

– Possui duas lâmpadas fluorecente de 18W (luz do dia) tubular bi-pino.

– Bateria interna recarregável selada de chumbo de 6V/2.5 Amperes.

– Fusível de proteção interno.

Funcionamento do circuito

placa-iluminaria

Trata-se de um circuito simples, composto dos seguintes estágios:

Fonte retificadora AC_DC, diodos retificadores D1,D2,D6,D8 (1n4007) e o capacitor eletrolítico C5 (100uf/16V).

O circuito de controle de carga da bateria, é responsável em carregar a bateria quando está descarregada. É composto pelo SCR (BT169D) e resistores de polarização R13, R14, R15 e o diodo zener ZD1.

Circuito acionador do Breaklight e detector do nível de carga da bateria. É composto pelos  transistores Q1, Q4, Q5 e demais resistores de polarização.

Circuito oscilador e gerador de alta tensão para as lâmpadas fluorescentes. Composto pelos transistores Q2 e Q3, o transformador T1 e componentes de polarização.

Ao conectar o aparelho na rede elétrica, o circuito é alimentado por uma tensão de aproximadamente 12V. O terminal Gate do SCR é polarizado com nível de tensão e ocorre o disparo (condução) do SCR iniciando a carga da bateria se esta estiver descarregada. Com a chave comutadora na posição Desligado os demais circuitos permanecem inoperantes.

Para que o Breaklight entre em funcionamento quando houver falta da energia elétrica a chave de seleção deverá estar na posição de seleção de 1 lâmpada ou 2 Lâmpadas. Quando ocorre a queda da rede o circuito acionador do breaklight ativa o oscilador e o gerador de alta tensão, de acordo com a posição da chave de funções acende as lâmpadas fluorescentes. Este circuito é responsável pela detecção da descarga da bateria e desativará o oscilador gerador de alta tensão quando a bateria atingir um nível nínimo de carga.

Quando a energia elétrica retorna, o circuito de controle desativa o oscilador gerador de alta tensão. No caso de descarga da bateria o SCR entra em condução e recarrega a bateria novamente.

Quando queremos que a iluminária funcione desconectada da rede elétrica, basta acionar a chave comutadora selecionando as lâmpadas a serem acesas, o circuito de controle do Breaklight aciona o oscilador gerador de alta tensão e o mantém ativo até atingir o nível mínimo da carga da bateria, no qual desligará o circuito para não danificar a bateria.

Defeitos e soluções

pareAtenção : Antes de efetuar soldas ou substituição de componentes no circuito, desligue a bateria do circuito.

O defeitos mais comuns são solda fria (solda com mau contato), a queima do fusível de entrada e dos fusíveis internos no circuito. Este circuito possui o fúsivel de entrada instalado no próprio cabo de força, observe a figura abaixo.

fusivel-entradaO fúsivel de entrada encontra-se soldado diretamente no cabo de força e a chave comutadora da tensão da rede elétrica, sua conexão é protegida por um espaguete de tubo retrátil isolante.

Você deverá após substituir o fusível, providenciar a devida isolação das conexões com fita isolante ou com um pedaço de tubo retrátil isolante, facilmente encontrado em lojas de material elétrico.

Os demais fúsiveis encontran-se localizados na placa do circuito, (veja a figura acima).

Veja a seguir alguns defeitos pesquisados.

Não aciona as lâmpadas manualmente pela chave : Verificar o fúsivel (fuse1=3A) e o fusistor (R12=1ohm) na placa do circuito, podem estar aberto, chave comutadora com defeito, circuito oscilador gerador de alta tensão e circuito de controle com problemas.

Não carrega a bateria : Verificar o fúsivel de entrada, o fusível (fuse1=3A), o SCR (BT169D) e o diodo Zener ZD1 e resistores de polarização, podem estar com defeito.

Ao cair a rede não ativa as lâmpadas, bateria está com carga : Verificar a chave de comutação das lâmpadas, o circuito de controle e detecção de carga da bateria, circuito oscilador e gerador de alta tensão e os fusíveis na placa com defeito.

Acende as lâmpadas somente numa posição da chave : Verifique a chave comutadora, pode estar com mau contato.

Bateria descarrega rapidamente : Bateria pode estar com defeito (não segura mais carga).

Instruções de uso do aparelho

  1. Coloque a chave comutadora de tensão na posição 127 ou 220 V conforme a tensão da rede elétrica de sua cidade.
  2. Colocar a chave de comutação das lâmpadas na posição Desligado (posição central), colocar o plug na tomada e deixar carregar a bateria por 24 horas.
  3. Após a carga da bateria retire o plug da tomada, mude a chave de comutação das lâmpadas para a posição 1 ou 2 lâmpadas, verifique se as lâmpadas acendem normalmente nas duas posições. Se acender está tudo OK. Se não acender verifique se as lâmpadas estão encaixadas corretamente no seu soquete. Após este procedimento tente acionar as lâmpadas manualmente. Com a iluminária acesa recoloque o plug na tomada, a iluminária deverá se apagar, ficando em standby.

Prolongando a vida útil da bateria

Não ocorrendo a falta de energia com frequência, tire o plug da tomada e deixe a iluminária funcionando até as lâmpadas apagarem, logo após recoloque o plug na tomada e deixe recarregar novamente com a chave comutadora das lâmpadas na posição desligado por 24 horas.

Logo após o período de carga da bateria, desconecte da tomada e acione a chave comutadora das lâmpadas na posição desejada (1 ou 2 lâmpadas), a iluminária deverá acender normalmente. Em seguida conecte novamente na tomada mantendo a chave de comutadora acionada, a iluminária deverá se apagar ficando em standby.

Faça este processo uma vez  a cada 2 ou 3 meses, deste modo a vida útil da bateria será prolongada.

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Compartilhe este artigo com seus amigos!



21 thoughts on “Conserto de iluminária de emergência

    • Responder
      Marco's Autor

      Olá Gilnei, o modo mais simples é conectar a luminária em 220V através de um transformador 220V/110V 20W. Antes de comprar o transformador verifique se é viável, pode ser que fique mais barato comprar uma luminária para 220V.

  • Responder
    ANDERSON DOMINGOS BASTOS.

    ola meu querido quero aproveita a iluminaria para ela funcionar assim que ligar na tomada 110 ou 220 sem a bateria.

  • Responder
    David

    Olá a iluminaria da empresa onde trabalho, ao deixar no modo standby ela ainda continua com os leds um pouco acesos oque devo fazer?

    Obrigado

  • Responder
    José Leal

    Bom dia! Tenho uma luminária de emergência da marca Ziron 30 LEDs e ela não acende mais. Verificando aqui, o resistor de entrada de 220 V está queimado. Não consigo visualizar as cores que determinam sua impedância. Poderia me ajudar com esse valor? Lembrando que a luminária é bi-volt automático e a recarga da bateria via 12 V funciona normalmente.

    • Responder
      Marco's Autor

      Olá José. É difícil de saber qual é o valor adequado para o componente queimado. Até o momento não tenho visto este modelo de luminária de emergência.

  • Responder
    Paulo

    Amigo nao teria como voce me passar esse esquema estou com 2 lampadas aqui e nao tenho como acendelas tenho um projeto em mente poderia me ajudar ?

    • Responder
      Marco's

      Acredito que não exista um esquema disponível, este que se encontra no site, foi elaborado a partir do layout do circuito, pode servir de base para o seu modelo.

  • Responder
    vanderlei

    ola amigo tenho uma liminaria desta da foto com lampadas de 8w cada uma gostaria de liaglas direto na luz 220 eliminando todo o circuito como devo fazer, quero utilizala como lampada comum pois sao bem amis economicas.

    • Responder
      Marco's

      Olá Vanderlei, Para funcionar diretamente ligado a rede elétrica é necessário uma modificação no circuito. Futuramente pretendemos publicar um post de como fazer esta modificação. Aguarde.

  • Responder
    Paulo Ferreira dos Santos

    BOM DIA , SUAS RESPOSTA E MUITO BOA AJUDA ATIRAR AS NOSSA DÚVIDAS , E EU TENHO ESSA SOBRE A MINHA LUMINARIA QUE NÃO CARREGA FICA LIGADA MAIS DE 24H E NUNCA CARREGA.ME DE A SOLUÇÃO POR FAVOR, OBRIGADO.

    • Responder
      Marco's Autor

      Olá Paulo, Primeiramente tenha a certeza deque a bateria esteja boa. O segundo passo é descobrir se o circuito carregador da bateria esta funcionando. Meça a tensão na bateria com a luminária conectada na energia, atenção aplicada na bateria deve ser de aprox. 1.6 a 2V superior a tensão da bateria quando está carregando. Se a tensão estiver correta então pode ser a bateria deteriorada. A troca da bateria será necessária.

  • Responder
    ABEL SERAFIM

    Olá ? Tenho 4 dessas de emergência da G-LIGHT que queimou a entrada, porém elas são de 8 Wts cada. Será que este esquema que vc mostrou daria também pra elas ?? Obs : Tem uma que está boa porém a bateria não chega acender ela e a bateria ta com 6,5 V que poderia ser?
    Abraços.
    Abel Serafim

    • Responder
      Marco's

      A alimentação do circuito é composta pelo fusível, diodos retificadores e capacitor eletrolítico. Observe se alguns destes componentes (principalmente o fusível) não está queimado. Se a bateria for 12V e está com 6,5V, pode estar sem carga ou se esgotou a sua vida útil, tente colocar a mesma num circuito que está funcionando para ver se ela carrega novamente. Teste a bateria sempre com as duas lâmpadas acessas, a tensão da bateria deverá se manter constante (quando boa). É muito comum problemas na chave comutadora das lâmpadas não deixando as lâmpadas acenderem.

  • Responder
    wagner

    Possuo uma luminária que não acende mais com a falta de energia, deve ser a bateria, pois nunca fiz esse processo de descarregar a energia e recarregar novamente.
    Eu gostaria de saber qual o caminho para que mina luminária volte a funcionar? Tem jeito de consertar ou comprar outra bateria???

  • Responder
    Sergio

    Olá, Estou com uma iluminária dessa e o zener está estourado, vc sabe me informar qual tensão desse zener ? e a entrada dos 110v o resistor também desintegrou, por gentileza poderia me indicar o valor dele se possível, obrigado

    • Responder
      Marco's

      Caro Sérgio, Não tenho certeza, acredito que o diodo zener ZD1 seja de 7,2V ou próximo a isto. A tensão sob o zener é de 7,3V quando a iluminaria está conectada na rede elétrica. O fusistor de entrada tem o valor de 1 (ohm). Bom trabalho.

  • Responder
    julio

    Gostaria se possível, que me informassem a especificação do eletrolítico do gerador de alta tensão pois está estufado e não traz especificação.

    att

    julio cesar

    • Responder
      Marco's

      Caro Júlio, no modelo comentado, o único capacitor eletrolítico no circuito é de 100uF/16v, no circuito gerador de alta tensão para as lâmpadas não tem nenhum capacitor eletrolítico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>